Para eu me lembrar:

"Descobri como é bom chegar quando se tem paciência. E para se chegar, onde quer que seja, aprendi que não é preciso dominar a força, mas a razão. É preciso, antes de mais nada, querer."

Amyr Klink

Linfoma de Hodgkin

"Linfoma é um câncer do sangue, potencialmente curável, que ocorre nos linfócitos, células do sistema linfático, que fazem parte da defesa natural do corpo contra infecções."

Pensamentos

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Estou bem

Há tempos que não escrevo nada pessoal, que simplesmente copio e colo aqui textos informativos de outros locais, sem expor o que se passa comigo.

Estou bem.

O transplante autólogo foi bem tranqüilo, lógico que tive algumas reações, mas se resumiram a enjôos, sonolência, um pouquinho de mucosite, falta de apetite e só. Nos dias em que a taxa de hemoglobina estava baixa (anemia), sentia cansaço, afinal a oxigenação do meu corpo ficava comprometida, e subir os 100 metros que separavam o hospital do flat parecia ser um caminho imenso. Ah! Meu humor também oscilou bastante, ou melhor, ficou bem ruim... teve dias em que até eu me achava chata, rsrs.

Ontem tive consulta com o médico do TMO, que me entregou um relatório sobre meu transplante, "devolvendo-me" aos cuidados médicos do meu hemato para dar prosseguimento ao tratamento (encaminhamento para radioterapia)e controle pós-tratamento.

Amanhã será o 40º dia pós-tmo (dizer que hoje é o 39º não tem o mesmo peso do número redondo), estou em casa desde 28/01, e é muito bom! Mas ao mesmo tempo é chato, afinal, essa pseudo-clausura tem horas em que me sufoca. Apesar da médica dizer que posso sair, é bom não arriscar, afinal, de que adianta ter leucócitos e não ter anticorpos contra nada? Fui formatada! Vai demorar o ano inteiro para eu começar a tomar todas as vacinas novamente, nem contra gripe eu tenho defesa.

O jeito é continuar aqui, cercada de livros, CDs, DVDs, computador, piano e deixar o tempo correr até chegar a época em que poderei ir pra academia, pro coro, pra um curso de musicoterapia ou pedagogia hospitalar, congressos, seminários, concertos, festas e pro trabalho.

3 comentários:

  1. Oi, C@rin!
    Feliz de saber que vc está superando com segurança essa fase do TMO e se preparando para retomar o curso de sua vida normal, ter a liberdade de fazer o que gosta, sem medos ou reservas que acabam tirando ou diminuindo o prazer que se poderia ter.
    Se puder fazer algo pra te ajudar a superar o tédio, conte comigo (me diga se tem algum album de música, por exemplo, que eu possa carregar pra vc baixar)
    bj e muita saúde (e paciência)

    ResponderExcluir
  2. João Vicente

    Olá! Prazer em conhecer você (através do Blog). Sou médico (cirurgião) e também tenho Linfoma de Hodgkin. Estou passando por uma situação (até onde li) parecida com a sua: fiz 6 ciclos de quimioterapia com ABVD, e os exames mostravam uma diminuição muito favorável do tumor, porém o PET scan pós quimio, que tinha tudo para vir com muito poucas células acometidas, mostrou até um aumento da captação do FDG... agora estou aguardando os próximos passos, e provavelmente serei submetido ao TMO também. Confesso que mesmo sendo médico, estou um pouco assustado com o fato de que meu tumor não diminuiu mais... mas ler o seu blog também me ajudou a ficar mais tranquilo.
    Desejo melhoras para vocé, fique a vontade para se comunicar comigo (MSN: joao58@hotmail.com; blog: joaovicente.blogspot.com).
    Até logo!

    ResponderExcluir
  3. Just want to say what a great blog you got here!
    I've been around for quite a lot of time, but finally decided to show my appreciation of your work!

    Thumbs up, and keep it going!

    Cheers
    Christian, iwspo.net

    ResponderExcluir

Olá, amigo!

Por favor, pode postar como anônimo, mas assine a mensagem para eu saber quem a escreveu. Todos os comentários são muito bem-vindos.

Abraços

C@rin