Para eu me lembrar:

"Descobri como é bom chegar quando se tem paciência. E para se chegar, onde quer que seja, aprendi que não é preciso dominar a força, mas a razão. É preciso, antes de mais nada, querer."

Amyr Klink

Linfoma de Hodgkin

"Linfoma é um câncer do sangue, potencialmente curável, que ocorre nos linfócitos, células do sistema linfático, que fazem parte da defesa natural do corpo contra infecções."

Pensamentos

terça-feira, 24 de maio de 2011

A última campanha da série: 25/5 - Campus Morumbi (Sampa)

Pra finalizar a série, a campanha da Universidade Anhembi-Morumbi agora será no campus Morumbi:

25 de maio – Câmpus Morumbi
Av. Roque Petroni Jr., 630 – Horário: 8h às 12h


E galera: hora de fazer algo em favor do próximo! 



Abraços, 

Carin



Anhembi Morumbi promove Campanha de Cadastro de Doador de Medula Óssea

Anhembi Morumbi promove Campanha de Cadastro de Doador de Medula Óssea 
Hoje, a chance de se encontrar medula óssea compatível é, em média, de uma em cem mil, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA). No Brasil, há cerca de 1.200 pessoas procurando por um doador compatível.
Atenta a esse cenário, a Escola de Ciências da Saúde da Anhembi Morumbi em conjunto com a Associação da Medula Óssea (AMEO) promovem a Campanha de Cadastro de Doador de Medula Óssea, de 5 a 25 de maio, nos câmpus da Universidade.
A iniciativa, liderada pelos alunos do curso de Medicina da Universidade e pertencentes à Liga Acadêmica de Clínica Médica, prevê realizar o cadastramento de novos doadores no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (REDOME) e, assim, ampliar a esperança de cura de muitos portadores de leucemia e outras doenças do sangue.
Para ser um doador, você deve:
• Ter entre 18 e 55 anos;
• Estar em bom estado de saúde (não ter doença infecciosa ou incapacitante);
• Levar RG e CPF para registro dos documentos no sistema REDOME;
• Informar dois telefones para contato.
No momento do cadastramento, será colhida uma mostra de sangue (10 ml) para o exame de histocompatibilidade (HLA), um teste de laboratório utilizado para identificar suas características genéticas que podem influenciar no transplante. Não é necessário estar em jejum e não há restrição de peso.

Um comentário:

  1. Olá, blogueiro (a),

    Salvar vidas por meio da palavra. Isso é possível.

    Participe da Campanha Nacional de Doação de Órgãos. Divulgue a importância do ato de doar. Para ser doador de órgãos, basta conversar com sua família e deixar clara a sua vontade. Não é preciso deixar nada por escrito, em nenhum documento.

    Acesse http://doe.vc/mq e saiba mais.

    Para obter material de divulgação, entre em contato com comunicacao@saude.gov.br

    Atenciosamente,

    Ministério da Saúde
    Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/minsaude

    ResponderExcluir

Olá, amigo!

Por favor, pode postar como anônimo, mas assine a mensagem para eu saber quem a escreveu. Todos os comentários são muito bem-vindos.

Abraços

C@rin