Para eu me lembrar:

"Descobri como é bom chegar quando se tem paciência. E para se chegar, onde quer que seja, aprendi que não é preciso dominar a força, mas a razão. É preciso, antes de mais nada, querer."

Amyr Klink

Linfoma de Hodgkin

"Linfoma é um câncer do sangue, potencialmente curável, que ocorre nos linfócitos, células do sistema linfático, que fazem parte da defesa natural do corpo contra infecções."

Pensamentos

domingo, 12 de junho de 2011

Doação de medula óssea e atualização de cadastro no REDOME



http://www.youtube.com/watch?v=6ie5c3PiHZY&feature=player_profilepage


10/06/2011 - 10:10 

Abrale inicia campanha de incentivo à doação de medula óssea e atualização do cadastro de doadores



Ação conta com apoio do apresentador Rodrigo Faro e da Dra. Yana Novis, médica que tratou Dilma Rousseff.

A Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (Abrale) – promove em junho uma campanha nacional para incentivar a doação de medula óssea, bem como a atualização cadastral dos doadores deste material. Além de percorrer os principais centros de tratamento do país, distribuindo folderes com seu veículo Abrale Móvel, a entidade promove no dia 21 de junho, em São Paulo, uma palestra com Yana Novis, médica que tratou o linfoma da presidenta Dilma Rousseff em 2009. A iniciativa conta ainda com o apoio do apresentador Rodrigo Faro, estrela dos vídeos e spots de rádio da campanha.

Chamado de TMO, o transplante de medula óssea pode ser a única possibilidade de cura para portadores de cânceres no sangue, como os linfomas, mieloma múltiplo, anemia aplásica severa e alguns tipos de leucemia. No entanto, a busca por um doador é difícil – entre irmãos, a chance de compatibilidade é de apenas 25%. Com o pai ou a mãe, a probabilidade cai para 5%. Atualmente, a chance de encontrar doador compatível em um banco de medula é de 1 em 100 mil.

O Brasil tem o terceiro maior banco de doadores de medula do mundo, atrás dos Estados Unidos e da Alemanha. Desde o ano 2000, quando o Instituto Nacional do Câncer (INCA) criou o REDOME (Registro de Doadores de Medula Óssea), o número de doadores registrados no Brasil passou de 12 mil para 2 milhões. Com a campanha deste ano, a Abrale visa chamar atenção para a necessidade da criação de um sistema de verificação periódica dos dados. “Boa parte dos dados cadastrais está desatualizada”, diz Merula Steagall, presidente da Abrale. “Caso o doador mude de endereço ou de telefone, ele mesmo tem de ir ao site do INCA e informar isso. Como nem todos o fazem, existem casos em que um paciente chega a encontrar doador compatível, mas não consegue localizá-lo”, explica.

Rodrigo Faro é a estrela dos vídeos da campanha, que serão viralizados a partir do dia 14 de junho nas redes sociais (Facebook, Twitter e You Tube). No vídeo, o apresentador do programa “O Melhor do Brasil”, da Rede Record, incentiva os já doadores a manter seu cadastro sempre atualizado. “O mínimo que posso fazer, como pessoa pública que sou, é usar a minha imagem para causas como a da ABRALE. Para mim foi um prazer participar da campanha”, diz Rodrigo. Para completar a ação, rádios paulistanas, como a Nova Brasil FM, veicularão spots da entidade.

Como funciona o transplante- Os glóbulos vermelhos, os glóbulos brancos e as plaquetas são produzidos por células situadas na medula óssea, chamadas de células progenitoras ou steam cells. Quando células progenitoras sadias são introduzidas na corrente sanguínea de um portador de câncer, elas se alojam em sua medula e se proliferam, podendo “corrigir” as falhas na produção de células sanguíneas.

A doação de medula óssea é feita com múltiplas punções com agulhas nos ossos posteriores da bacia. O líquido que contém as células progenitoras é aspirado – retira-se um volume correspondente a, no máximo, 10% do peso do doador. Embora possa ser desconfortável e requeira repouso posterior, o procedimento, que dura cerca de 90 minutos, não causa nenhum dano à saúde.

Como doar- O interessado em doar sua medula deve compareça ao hemocentro mais próximo, onde será recolhida uma amostra de sangue, a qual verificará sua saúde e as características genéticas da pessoa. A compatibilidade entre doador e receptor é determinada por um conjunto de genes localizados no cromossomo 6. Os dados do doador são então inseridos no cadastro do REDOME e, sempre que surgir um novo paciente, a compatibilidade será verificada. Uma vez confirmada, o doador será consultado para decidir se deseja ou não realizar o procedimento.

Abrale- Criada em 2002 por Merula Steagall, a Abrale representa os portadores de onco-hematologias (linfoma, leucemia, mieloma múltiplo e mielodisplasia). Seu trabalho se assenta sobre quatro pilares: apoio ao paciente, educação, informação e defesa de políticas públicas. Com um comitê científico composto por 33 médicos, além de enfermeiros, psicólogos, nutricionistas, dentistas e terapeutas ocupacionais, os quais orientam os quase 30 mil filiados, a Abrale presta apoio médico, jurídico e psicológico gratuitos, além de atuar politicamente por melhoras nos tratamentos e disseminar informação por meio de campanhas e palestras. A entidade integra o Conselho Nacional de Saúde do Ministério da Saúde e é fundadora da Alianza Latina, liga que reúne 56 entidades do gênero em 17 países.

.[Palestra com Yana Novis, dia 21 de junho (terça-feira), às 18h, na Assembléia Legislativa de São Paulo].

Um comentário:

  1. Você sabia que muitos pacientes ainda esperam por um doador de medula
    compatível?
    Faça parte do cadastro e incentive a doação de medula óssea. Você sabe
    como ajudar? Para mais informações:comunicacao@saude.gov.br ou
    http://www.formspring.me/minsaude

    ResponderExcluir

Olá, amigo!

Por favor, pode postar como anônimo, mas assine a mensagem para eu saber quem a escreveu. Todos os comentários são muito bem-vindos.

Abraços

C@rin